sábado, 14 de novembro de 2009

Deixá-lo ir.

Estou cansado!
É o que eu ouço ele dizer
Eu também, querido, respondo em meu peito
Ele pede para deixá-lo
Eu nego
Ele fala que não me faz feliz
Eu debocho de seu "achismo"
Ele fala "Eu não te amo"
Então meu coração se desmancha
E em seguida,
sinto deixá-lo partir,
ir,
para nunca, ou
para sempre!

Nenhum comentário: