sábado, 14 de novembro de 2009

Se quer ir, vá

Se quer ir,
vá, só vá.
Mas não me peça para sorrir;
Não me peça para não me importar
O ato de ir, não diminui sua perda
mas atenua minha dor
não diminui a ferida
nem ao menos torna menor o meu amor
O ato de ir, revela a falta de coragem,
a falta de vontade
e a dor por nunca mais sorrir
Se quer ir,
Por favor, vá.
mas não me peça para te aocmpanhar até o portão,
é demais para este pequeno coração.

Um comentário:

Tesão disse...

Nãããão

Pequenos corações devem ser cuidados!