domingo, 27 de fevereiro de 2011

Sem avisar

Andei por muitas vezes pedindo a Deus que me mandasse algúem,
então, mesmo eu não tendo a fé necessária, ele me mandou você.
Você, que modificou meus dias, minhas horas e meus pensamentos.
Você que desabou meus planos e me carregou pela mão para o oceano
de uma louca imaginação.
Você que me afogou nos amassos dos seus braços.
Você que me matou quando me deu vida.
Se apaixonou e me surpreendeu, tirou-me o fôlego e mesmo
querendo ficar, se despediu. E me partiu.

Kika
03/01/2011

Nenhum comentário: