domingo, 19 de fevereiro de 2012

Pensamentos ou Só você

As pessoas deveriam poder dizer o que sentem, o que pensam. Mas aí, qual seria o objetivo?

Saber o que o outro pensa, é o mais íntimo de um relacionamento, não importa o grau... e o mais impossível de se alcançar!

Qual é a barreira do saudável e do doentio? No pensamento temos a liberdade de achar, de julgar, de querer o impossível, de ter o inimaginável... mas nos fim das contas, ainda bem, foi só um pensamento...

Pode-se até cometer assassinato sem ser preso, pode-se fugir e voltar a hora que quiser,
pode-se amar e "desamar" no mesmo instante. Pode-se xingar e elogiar ao mesmo tempo,
pode ser e não ser, sem questionamentos. Pode-se voar. Pode-se sorrir, e o mais importante, pode-se chorar sem constrangimentos...
Porque chorar vai além da tristeza, é aquela coisa de alma. De lavar, renovar e deixar
florir um novo sorriso a cada manhã.

Só você se conhece de verdade.
Só você pode se julgar e deixar-se ser julgado.
Só você pode sentir o que sente, e só você pode dizer aonde quer chegar!

Kika
(19/02/12)

Nenhum comentário: